terça-feira, julho 17, 2007

Alberto Korda -fotografo cubano

Hoje, sob o título, as "melhores fotografias de sempre" recebi um e-mail remetido por um querido amigo.
Entre elas, estava esta magnífica fotografia de Alberto Korda, por quem nutro uma particular afectividade.
Encaixada numa estante branca ( construida por estas e outras mãozinhas) amaciou , com a sua beleza, os meus sentidos através da sua visão quando levantava a cabeça das "sebentas" áridas do meu curso .
Tinha o dom de me fazer acreditar na rebeldia, nos ideais, numa causa. E, acima de tudo que o conformismo total às regras impostas não possui QI ( leia-se Tchi)

2 comentários:

Anónimo disse...

Certo, muito certo, Maria, o que dizes sobre o inconformismo.
Quanto à foto, que acompanhou a nossa, e as gerações seguintes,tem outro «predicado» : um homem belíssimo que, porque morreu cedo e em glória, não desiludiu...

Johnny disse...

Maria, Boa Tarde! Me chamo Johnny, e tenho feito uma organização de umas fotografias, Porém não conheço muito sobre o Alberto Korda. Bem, sei que nem nos conhecemos, mas teria como vc me "iluminar" com alguma visão num aspcto fotógrafo mesmo, sobre ele?

> johnny.soul@hotmail.com <


. Grato desde já.