quinta-feira, agosto 23, 2007

Ser Deusa



Sentir a Brisa, os Aromas, o Céu
Buscar a Força, a Luz que animam
As Mulheres em todos os tempos

Sentir as mãos abertas
Dando e colhendo
Musas…
Reflectir a atitude interior de Entrega
Do outro a si mesma

Juntas sentirmos a Protecção
Que Forças outras nos enviam
Para prosseguir o Caminho

Caminho da Partilha,
da Alegria, dos Laços, da intensidade da Vida
Vida Sábia e Mãe que somos todas Nós.

Ser Deusa é juntar as mãos com simplicidade
E gritar Vitória com olhos humedecidos
É Ser!


Que Seja!


Palavras das Deusas, unidas com a poesia de Airam

Fotografia da nossa Deusinha da Dança, captada pelo olhar e objectiva magnífica de Frederico Mendes

5 comentários:

maria disse...

Convenhamos que este poema é lindo.
A Airam surpreende-nos sempre.
E, a deusita da dança, filha da Deusa Papoila está o máximo ....sai à Mãe...eheheh

JG disse...

Pois é, Maria. Isto de ser Deusa tem os seus privilégios. Inclusivé antever as carinhas larocas dos outros :)))

A minha carinha não é tão laroca como aquela mas aproxima-se, ora essa!!!

Bjj

papoila disse...

O poema foi muito bem conseguido e repeitou exactamente as nossas palavras naquel dia, quanto à deusinha da dança...como podem imaginar sinto-me muito orgulhosa e sei que vocês também. Que bom que as nossas filhas têm mães deusas e vemo-las crescer cada uma delas com o seu talento nos faz sentir tão bem.
É caso para dizer:
Filha de deusa ..deusa será.

Anónimo disse...

Convite à Reflexão

Ao ler o Poema "Ser Deusa" não pude deixar de me sentir emocionada. Que lindo, que linda forma de estar e sentir ele se nos revela!

Surgiu-me, então a necessidade de reflectir um pouco no que é de facto Ser Deusa.

Ser Deusa,afinal,....é também saber e ter vontade de reflectir sobre esta condição, nem que seja através do pensamento de Fernado Pessoa quando nos murmura ao ouvido em noite de lua cheia que,
ser Deusa é também (em minha opinião):

" SER feliz, ...
...deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da alma."
..."não ter medo dos próprios sentimentos.É saber falar de si mesmo."

Reflectindo sobre as Palavras das Deusas unidas com a poesia de Airam , pergunto-me se, durante os nossos encontros, estaremos nós a revelar
"... a atitude interior de Entrega
Do outro a si mesma",
se "Juntas (sentirmos)sentimos a Protecção
Que Forças outras nos enviam
Para prosseguir o Caminho".

Estaremos nós a seguir os trilhos inicialmente traçados?

Que pensam as restantes Deusas?

Avusa disse...

lindo texto e linda fotografia!