terça-feira, agosto 22, 2006

As velas ardem até ao fim

Durante a ida para o cinema, (cujo filme não deixou qualquer registo), por um mero acaso ou talvez não, veio até mim um livro de Sándor Márai, que me deixou a pensar sobre o papel que tem na nossa vida as pessoas que nela se cruzam e como a paixão, o amor e a amizade são sentidos de acordo com as referências que cada um de nós vai adquirindo com base nas suas próprias vivências.... a profundidade do discurso, a sua prosa envolvente e interrogativa faz deste livro um belíssimo romance que termina com uma pergunta com a qual vos deixo:

(...) Pensas também que o significado da vida não seja outro senão a paixão, que um dia nos invade o coração, a nossa alma e o nosso corpo, e depois arde para sempre, até à morte? Aconteça o que acontecer? E que se nós vivemos essa paixão talvez não tenhamos vivido em vão? É assim tão profunda, tão maldosa, tão grandiosa e desumana a paixão?...E talvez não se dirija a uma pessoa em concreto, mas apenas ao mesmo desejo?....Essa é a pergunta. (...)

Sándor Márai in "As velas ardem até ao fim"

3 comentários:

borboleta disse...

Não falo de paixão. Estou PÓRIBIDA!!! Proíbi-me a mim mesmo/a (faço tb de anónima ou não??? Claro que não! OU SE ASSUME O QUE SE PENSA, OU MAIS VALE NÃO PARTILHAR!)
Mas... como gostei do livro...

borboleta disse...

Não falo de paixão. Estou PÓRIBIDA!!! Proíbi-me a mim mesmo/a (faço tb de anónima ou não??? Claro que não! OU SE ASSUME O QUE SE PENSA, OU MAIS VALE NÃO PARTILHAR!)
Mas... como gostei do livro...

maria disse...

Paixão....eheheh
Como a Inês diz,os nossos conceitos são provenientes das nossas vivencias ou experiencias pessoais ou observdas,mas sempre por "nós" ( cada um).
Para mim,paixão é um estado de alienação,de perda do próprio ser. As mais das vezes motivada por uma projecção no outro ser de qualidades ou atributos que se queria possuir ( e, que esse ser ,em geral,não tem ). E, também essa alienação causada por um disparar de quimicos ( ou lá como se cientificamente se chamam) no corpo.
Se vale a pena viver uma paixão? então,não vale! nestas nossos encontros e desencontros qual é o lema,qual é? QUE SEJA eheheh