quarta-feira, janeiro 04, 2006

Ginástica para o Cérebro

"Não sei se estas dicas funcionam mesmo contra o bandido alemão, ALZHEIMER, mas não custa fazer os exercícios propostos, o hemisfério direito do cérebro vai agradecer."
Ginástica para o cérebro: Trocar de mão para escovar os dentes é bom para o cérebro. O simples gesto de trocar de mão para escovar os dentes, contrariando a rotina e obrigando à estimulação do cérebro, é uma nova técnica para melhorar a concentração, treinando a criatividade e inteligência e, assim, realizando um exercício de NEURÓBICA.
Uma descoberta dentro da Neurociência, vem revelar que o cérebro mantém a capacidade extraordinária de crescer e mudar o padrão de suas conexões. Os autores desta descoberta, Lawrence Katz e Manning Rubin (2000), revelam que a NEURÓBICA, a "aeróbica dos neurônios", é uma nova forma de exercício cerebral projetada para manter o cérebro ágil e saudável, criando novos e diferentes padrões de atividades dos neurônios em seu cérebro. Cerca de 80% do nosso dia-a-dia é ocupado por rotinas que, apesar de terem a vantagem de reduzir o esforço intelectual, escondem um efeito perverso: limitam o cérebro. Para contrariar essa tendência, é necessário praticar exercícios "cerebrais" que fazem as pessoas pensarem somente no que estão fazendo, concentrando-se na tarefa. O desafio da NEURÓBICA é fazer tudo aquilo que contraria as rotinas, obrigando o cérebro a um trabalho adicional. Tente fazer um teste:- use o relógio de pulso no braço direito; - escove os dentes com a mão contrária da de costume; - ande pela casa de trás para frente; - vista-se de olhos fechados; - estimule o paladar, coma coisas diferentes; - veja fotos de cabeça para baixo; - veja as horas num espelho; - faça um novo caminho para ir ao trabalho; A proposta é mudar o comportamento rotineiro. Tente, invente, faça alguma coisa diferente e estimule o seu cérebro. Vale a pena tentar!

3 comentários:

castanha disse...

Gostei até porque não sou animal de rotinas . Trabalho bem com as 2 mãos e detesto arrumar os tupperwear ou o armário das mercearias sempre da mesma maneira - 2 para a direita 1 em frente 3 para trás - e que se vá o alzeimer
castanha

castanha disse...

Não sou de rotina - até já tirei um H ao cujo dito
cast

Anónimo disse...

Em boa hora aqui vim ter/fui conduzida!!...
Esta partilha de saberes, e ideias, é também uma forma de estar vivo, e lutar contra os inimigos do nosso cérebro.
A propósito: recomendo a revista «Science & Vie» de Novembro 2005, que traz artigos interessantes.
Iemanjá